Livros

Entre em contato

vendas@editoramundareu.com.br
Ver todos livros

O Senhor Presidente

uma obra de Miguel Ángel Asturias

tradução de Luis Reyes Gil

R$46,00

Seria apenas uma história de amor, com elementos típicos como paixão à primeira vista, inocência e inevitabilidade, redenção pelo amor, obstáculos no caminho. Contudo, nem o mais íntimo dos sentimentos escapa ao poder onipresente e desmedido do Presidente. Seria uma narrativa tradicional, não fossem a polifonia e as personagens inusitadas, a violência e a beleza grotesca das imagens, o ritmo frenético, a técnica literária de vanguarda associada à temática política. O Senhor Presidente é o desnudamento de um autoritarismo cruel que perpassa níveis e hábitos sociais, e que assumiu diversas faces na América Latina em diferentes momentos. Pelo que nos diz do passado e do presente, e pelas muitas reflexões que convida o leitor a fazer, uma obra magistral.

 

Por que o escolhemos?

Asturias, prêmio Nobel de 1967, escreveu O Senhor Presidente na década de 1920, tornando-se um dos precursores do boom da literatura latino-americana e especificamente do que viria a ser conhecido como romances de ditador, como O outono do patriarca (Gabriel García Márquez),  Eu, o supremo (Augusto Roa Bastos), e O recurso do método, de Alejo Carpentier.

Escrito por

Miguel Ángel Asturias

Guatemala, 1899-1974, Espanha.

PRÊMIO NOBEL DE LITERATURA 1967

Traduzido por

Luis Reyes Gil é tradutor do inglês, espanhol e catalão. Já traduziu Juan Carlos Onetti, Antonio Skármeta, Chesterton, Truman Capote (cartas), George R. R. Martin, David Peace, Michael Dobbs, Mercè Rodoreda, Alberto Manguel, entre outros.

Para a Mundaréu, Gil traduziu Memórias de um oficial de infantaria (Siegfried Sassoon), São Francisco de Assis (G.K. Chesterton), O Senhor Presidente (Miguel Ángel Asturias) e Não aceite caramelos de estranhos (Andrea Jeftanovic).

Você também pode gostar de...

  • Andaimes

    uma obra de Mario Benedetti

    tradução de Mario Damato

    O impossível regresso

    Veja mais
  • Luto

    uma obra de Eduardo Halfon

    tradução de Lui Fagundes

    Memórias universais

    Veja mais
  • Montevideanos

    uma obra de Mario Bendetti

    tradução de Ercilio Tranjan e Nilce Tranjan

    Contos de uma proximidade universal

    Veja mais
  • Não Aceite Caramelos de Estranhos

    uma obra de Andrea Jeftanovic

    tradução de Luis Reyes Gil

    Contos profundamente perturbadores e estranhamente familiares

    Veja mais
  • O País da Canela

    uma obra de William Ospina

    tradução de Eric Nepomuceno

    A violenta e fantástica conquista da América-Latina

    Veja mais
  • Querido Diego, sua Quiela

    uma obra de Elena Poniatowska

    tradução de Nilce Tranjan e Ercílio Tranjan

    Cartas de amor, abandono e arte

    Veja mais