Vários

Vários

Biografia

Livros Publicados

Capa_Fenomenologia

Fenomenologia, análise e gramática – comentário às “Observações filosóficas” de Wittgenstein

Primeiro volume de um comentário sistemático às Observações Filosóficas de Ludwig Wittgenstein, um dos maiores nomes da filosofia do século XX, escrito por um grupo de quatro professores que se dedicam ao tema há vários anos: Bento Prado Neto (UFSCar), João Vergílio G. Cuter (USP), Marcelo Carvalho (UNIFESP) e Mauro L. Engelmann (UFMG). Nele, são comentados os capítulos I-IX e XX-XXII, nos quais Wittgenstein esboça uma investigação da estrutura de nosso campo fenomênico marcada pelo abandono do projeto construir uma “linguagem fenomenológica” que fosse uma imagem especular daquele campo.

Clique aqui para comprar
combos_trincheira_leve

Combo – Literatura na Trincheira

Combos promocionais da coleção Linha do Tempo:
Literatura na Trincheira - Grandes obras escritas por autores que participaram da guerra, "Um ano sobre o altiplano", "Memórias de um oficial de infantaria" e "O fogo".

"Um ano sobre o altiplano", Emilio Lussu (1890-1975)
Tradução e prefácio de Ugo Giorgetti
Um ano da luta contra o exército austro-húngaro nas montanhas do norte da Itália: a irracionalidade da guerra, a vaidade, a inconsequência e o discurso patriótico vazio de muitos de seus comandantes; um amplo quadro de absurdos a partir da perspectiva dos combatentes, de suas preocupações, rotinas e tragédias.
ISBN 978-85-68259-00-9
208 pp

"Memórias de um oficial de infantaria", Siegfried Sassoon (1886-1967)
Tradução de Luís Reyes Gil
Texto complementar, “Hino à juventude condenada”, Wilfred Owen
Clássico da ficção memorialista inglesa da Primeira Guerra Mundial. O livro relata, de forma franca e envolvente, as experiências de Sherston, alter ego do autor – o dia a dia no front, as batalhas, os ferimentos, as amizades, as perdas, as decepções –, assim como sua conversão pessoal de jovem patriota e ingênuo a pacifista ardoroso que lutou contra a continuação da guerra.
ISBN 978-85-68259-02-3
328 pp

"O fogo", Henri Barbusse (1873-1935)
Tradução de Lívia Bueloni Gonçalves
Texto complementar “Crítica hitórica e crítica do testemunho”, Marc Bloch
Prêmio Goncourt de 1916, o fogo retrata a vida de um pelotão de homens simples, vindos de diversas partes da França, e que esperam apenas sobreviver à Primeira Guerra Mundial e voltar à normalidade. A incompreensão das razões e propósitos da guerra justamente por quem costuma perder a vida nela, o desalento pelo descaso dos superiores, a generosidade no convívio entre soldados, a angústia da espera e a paradoxal monotonia do quotidiano da guerra são retratadas de maneira exemplar e comovente.
ISBN 978-85-68259-04-7
408 pp

Clique aqui para comprar